PRINCIPAL

RECANTO DA POESIA

 

 

 


 

 

 

Fim de festa

 

Lacy Ribeiro

 

 

 

Meus amigos,

meus inimigos,

a festa acabou!

Respeitem, por favor,

a minha vontade

de ficar sozinho.

Saiam depressa

antes que amanheça

e o sol aqueça

o jardim,

pois,

ai de mim!

Preciso ficar

mais um pouco

com a noite

e respirar o ar

do dormitar

das flores.

 

 

 

Clique aqui para ler outros poemas

 

VOLTAR


     © 2005 Tertúlia

     Direitos reservados

Site de utilidade pública, sem fins lucrativos