PRINCIPAL

QUEM SOMOS

NOTÍCIAS

BIOGRAFIAS

ESTANTE

LEITURA

 

   

Biografia e comentários críticos sobre a obra do poeta Miguel Marvilla

 

Publicamos a biografia, a bibliografia ilustrada e textos críticos de Pedro J. Nunes, Andréia Delmaschio e Joana Darc Batista sobre a obra de Miguel Marvilla.

 

Clique aqui para ver.

 

 

 

Diga adeus a Lorna Love

Francisco Grijó

 

Terceira publicação da coleção Clássicos Capixabas, que o site Tertúlia, com os autores das obras publicadas, disponibilizam gratuitamente para os leitores, podendo ser acessada inclusive em versão para dispositivos móveis.

 

Clique aqui e acesse o livro.

 

 

O homem vestido de verde (II)

 

Sinto que uma coisa ruim vai acontecer nesta estrada.

 

Enquanto eu trabalho, tem um homem do lado de lá do asfalto que não para de me olhar.

 

Leia mais.

 

 

 

 

Moradas

 

A arte de Humberto Capai, suas fotografias, tem “muitas moradas”. Me permito escolher umas delas e saudar meus vizinhos moradores de outros domicílios. Todos nós beneficiados pela rica paisagem que Walter Firmo, no prefácio do álbum “Espírito brasileiro” chamou de paraíso. O paraíso das belezas do Estado do Espírito Santo.

 

Leia mais.

 

 

 

 

 

Na livraria

 

Há uma livraria em meu bairro, considero-a a área de lazer de meu condomínio. Encontrava-me lá tarde dessas, sentado a uma mesa instalada num grande espaço de onde se veem várias estantes. Bebericava um café e folheava uns livros quando entraram três jovens mulheres. Três jovens mulheres significam meninas de 22, 25 anos. Uma delas, muito atraente, tinha o jeito de caminhar e jogar o cabelo das verdadeiras mulheres. Muito segura de si, transformava as outras duas em seu pequeno e insignificante séquito. E parecia muito segura também do que queria, ou seja, um livro – simples assim. Mas – é incrível – foi diretamente à série Cinquenta tons espelhada em cima de uma das estantes. Pensei comigo: uma jovem esposa já entediada.

 

Leia mais.

 

 

Chão de Araguaia - Excertos

 

Ao receber, no final de dezembro de 2013, meu exemplar da reedição de Chão de Araguaia de Ivan Borgo, passei a ter certeza do poeta que há dentro dele e, de quebra, a ser um dos poucos felizardos a possuir tal publicação, porque foram produzidos apenas 100 exemplares, numerados, dessa reedição.

 

Ivan Borgo é poeta, mesmo sem querer. A prova disso já estava lá, em 1997, na publicação da primeira edição de Chão de Araguaia e quem viu aquilo sabe do que estou falando. Endosso as palavras de Miguel Depes que afirmou, na apresentação da primeira edição, que Roberto Mazzini/Ivan Borgo faz poesia há muito tempo, desde que publicou suas primeiras crônicas.

 

Leia mais.

 

 

Depoimentos de Afonso e Álvaro Abreu sobre Rubem Braga

Pedro J. Nunes fala de seu documentário sobre o Parque Moscoso

Zé Benedito: carreiro, vídeo de Pedro J. Nunes

 

O escritor e poeta Luiz Busatto fala de seu livro Nomes e raízes italianas

 

Clique aqui para acessar o acervo de vídeos.

 

 

 

Matérias especiais

Mapa do site

Fale conosco

 

 

Livro de visitas

 

Tertúlia vídeo

 


Inscreva-se em nosso informativo de atualização. Clique aqui.

 

Ao assinar nossa newsletter, você receberá apenas informações sobre atualizações e promoções do site.

Seu endereço não será fornecido a nenhum banco de dados ou usado para fins comerciais.


 

 

Última atualização:

8 de abril de 2014.


Curta esta página ou indique para seus amigos


Este site mantém sua funcionalidade e

melhor visualização no Internet Explorer


     © 2005 Tertúlia

     Direitos reservados

Site de utilidade pública, sem fins lucrativos

 

Biografias   .:.   Estante   .:.   Fale conosco   .:.   Leitura   .:.   Livro de visitas   .:.   Mapa do site

Matérias especiais   .:.   Notícias   .:.   Quem somos   .:.   Tertúlia vídeo